Home Notícias Bate-papo sobre segurança pública aborda funcionamento das câmeras de vigilância em Igrejinha e Três Coroas

Notícias

Bate-papo sobre segurança pública aborda funcionamento das câmeras de vigilância em Igrejinha e Três Coroas

23/06/2017

Tratada

Na noite da quinta-feira (22), a CDL de Igrejinha e Três Coroas promoveu um encontro com associados, Brigada Militar, Polícia Civil, executivo e legislativo municipais para um bate-papo sobre segurança pública. O encontro ocorreu no auditório da entidade em Três Coroas e teve como objetivo envolver empresários e lojistas nas ações de proteção, sugerindo iniciativas para tornar as duas cidades mais seguras.

Um dos temas em destaque no debate foi a importância do videomonitoramento para a resolução de ocorrências. Segundo a capitã Francieli Ronsoni Vicelli, da Brigada Militar de Igrejinha, as câmeras de vigilância e outras tecnologias têm auxiliado a BM na captura de criminosos. “Nós monitoramos as câmeras da cidade 24h por dia, e isso tem dado muito resultado. Com elas é possível identificar os crimes, o indivíduo que cometeu ou o veículo que ele está pilotando. Já tivemos casos de efetuarmos prisões em outras cidades por ter identificado pelo vídeo, a direção tomada pelo fugitivo”, destacou a capitã.

Já o tenente Aurimar Amadeu Adami, de Três Coroas, evidenciou o trabalho que a BM está realizando na cidade e frisou que a parceria entre os dois municípios é forte. “Nós trabalhamos em conjunto para manter as duas cidades seguras. Nós queremos que a comunidade saiba que nós estamos nas ruas dia e noite, realizando abordagens, atendendo chamados e que mesmo com efetivo reduzido, nós contamos com o apoio de outras cidades quando necessário, como Caxias e Gramado”, disse o tenente.

De acordo com o delegado de Igrejinha e Três Coroas, Ivanir Caliari, o trabalho da Polícia Civil não é ostensiva como o da BM, e por isso a sociedade não os vê atuando nas ruas, mas a sua principal função é na investigação de crimes e por isso mesmo requer sigilo. “A DP registra ocorrências, coletando as primeiras informações por meio de boletim e, em seguida, elaboramos o inquérito policial. E mesmo com papéis distintos, estamos sempre nos comunicando e trocando informações com a Brigada”, evidenciou Caliari.

Para auxiliar no trabalho da polícia, os profissionais destacaram que uma boa iniciativa seria os proprietários de estabelecimentos comerciais investirem em câmeras de vigilância, aumentando assim, o monitoramento. Ações como o reforço da proteção com grades e trancas e o acionamento rápido da polícia pelo 190, também são fundamentais na prevenção e resolução de crimes.

Recentemente a CDL realizou a entrega de dois aparelhos celulares com dispositivo Android para auxiliar no atendimento da BM, por meio de aplicativos de mensagens. Os números são (51) 9.98370626 BM de Três Coroas e (51) 9.96820803 BM de Igrejinha e qualquer pessoa que não tenha conseguido comunicar ocorrências pelo método regular, pode entrar em contato.

Para a presidente da CDL, Giseli Selau, encontros como este são importantes para compartilhar com a comunidade os acontecimentos sobre segurança na cidade e propor ações conjuntas. Além disso, ela parabenizou os representantes pelo bom desempenho e esforço contínuo na proteção da comunidade.