Home Notícias Bate-papo promovido pela CDL aproxima empresários e autoridades de segurança

Notícias

Bate-papo promovido pela CDL aproxima empresários e autoridades de segurança

18/06/2018

DSCN2890-1

Para além de unir e informar empresas de setores como indústria e comércio e serviços a CDL de Igrejinha e Três Coroas também procura contribuir de forma ativa para que ocorram melhorias em sua comunidade. Por isso, pelo segundo ano consecutivo, propôs a realização de um bate-papo com autoridades ligadas à área da Segurança Pública das duas cidades.

A iniciativa reuniu em torno de 60 participantes e aproximou empresários de profissionais que representam o Poder Judiciário e a força policial. Entre eles, esteve o tenente comandante da Brigada Militar de Três Coroas, Aurimar Amadeu Adami. “Foi de grande valia; uma reunião esclarecedora para a comunidade, em que as instituições tiveram a oportunidade de falar sobre as responsabilidades e as áreas de atuação de cada uma, assim como sua importância na comunidade”, destaca Adami. De sua parte, o delegado Ivanir Caliari também destacou a importância da integração entre os poderes, os órgãos de segurança e a sociedade. “Estavam ali muitas pessoas com atuação direta para discutir e criar possibilidades, viabilizar iniciativas que possam melhorar a segurança pública e, assim, tivemos um nível de discussão diferente de outros debates dos quais já participei ao longo de 8 anos na carreira, o que me deixou muito feliz e otimista pelo surgimento de possíveis resoluções dos nossos problemas”, pondera Caliari. Também participaram do bate-papo a juíza de Três Coroas, Mariana Minghelli; a promotora de Igrejinha, Brenusa Corleta; o promotor de Três Coroas, Daniel Gonçalves, e a capitã Francieli Ronsoni.

Conforme a integrante da CDL, Taise Steffen, o evento contou com participação intensa dos associados da entidade, bem como de vereadores e prefeitos de Três Coroas e Igrejinha. “Foi muito bom, as autoridades descreveram suas funções, compartilharam suas dificuldades em cada setor e falaram como as pessoas podem colaborar com a segurança pública”, comenta. Os participantes também discutiram sobre alternativas para resolver os problemas atuais enfrentados nas duas cidades e tiveram suas perguntas respondidas pelas autoridades convidadas. “O bate-papo teve duração de quase três horas e, nas avaliações que recebemos, as pessoas disseram que ficaram muito satisfeitas com o evento”, comemora Taise, destacando que os representantes do Poder Judiciário, Polícia Civil e Brigada Militar também elogiaram a integração da comunidade para ajudar e manter um bom trabalho na segurança. 

DSCN2964